Japeri teve aumento no número de morte de policiais de um ano para outro na cidade, segundo o Fórum

BAIXADA -  Dezessete anos depois da chacina da Baixada, a rotina de violência policial na região não tem nenhum sinal de mudança. Pelo contr...


BAIXADA - Dezessete anos depois da chacina da Baixada, a rotina de violência policial na região não tem nenhum sinal de mudança. Pelo contrário. Segundo o Fórum Grita Baixada, entre 2020 e 2021 houve aumento nos casos de mortes por policiais nas cidades de Duque de Caxias, Japeri, Belford Roxo e São João de Meriti.

Em 2020, 83 pessoas foram mortas por agentes do Estado em Caxias, em 2021 foram 114. Em Japeri, o número praticamente dobrou de um ano pra outro. Foram 26 pessoas assassinadas por agentes públicos em 2020, e 50 em 2021. A análise foi feita com base em dados do Instituto de Segurança Pública. Ainda de acordo com o Fórum Grita Baixada, no ano passado a região teve quase o dobro da taxa de letalidade policial a cada 100 mil habitantes que a capital do estado. Foram 11,21 mortes por 100 mil habitantes na Baixada Fluminense contra 6,76 mortes por policiais a cada 100 mil habitantes na cidade do Rio de Janeiro. 

Mas todas essas mortes ocorreram durante a vigência da ADPF 635, conhecida como “ADPF das Favelas”, em que organizações da sociedade civil e grupos de moradores de favelas entraram com uma ação no STF contra a realização de operações policiais durante a pandemia. A determinação da Justiça era de que as ações deveriam acontecer com justificativa de excepcionalidade apenas.

Mãe que perdeu o filho baleado por policiais em São João de Meriti há quase quatro anos, Ilsimar de Jesus, de 45 anos, participou da audiência pública no STF. Ela faz parte da Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência de Estado na Baixada e percebe o aumento da letalidade policial no cotidiano de mães que são acolhidas.

— Terminamos o ano passado com muitas mães novas. Teve um aumento durante a ADPF 635. A gente necessita de um plano de redução da letalidade policial. As mães da Baixada clamam por esse plano por vermos muitas mães serem agregadas ao nosso grupo de dor e de perda — afirma.

No dia 17 de julho de 2018, o filho de Ilsimar, Victor Hugo de Jesus Pires, de 17 anos, estava em uma moto com o amigo Vitor Oliveira, de 18, quando foi baleado no peito por policiais militares na Vila São João, em Vilar dos Teles. Os agentes argumentaram que receberam uma denúncia de que um policial estava sendo ameaçado na região e que os jovens não teriam obedecido a ordem de parar.

— Eles foram assassinados por dois policiais. Foram confundidos com bandidos, porque estavam em uma moto e sem capacete. Essa foi a justificativa que os policiais deram. Se acharam no direito de perseguir, atirar e condenar à morte, porque é isso que eles fazem: condenam à morte jovens pelas ruas da Baixada Fluminense — lembra.

Depois da morte do filho, a violência policial bateu à porta de Ilsimar mais uma vez. O filho mais novo dela, hoje com 15 anos, já se deparou com armas de policiais apontadas para ele.

— Meu filho ficou na mira do fuzil de outro policial na porta da minha casa. Por duas vezes ele correu o risco de morrer na porta de casa, e a reação dele foi falar “mãe, eu achei que ia morrer, que não ia ter chance nenhuma como meu irmão não teve”. Isso para uma mãe é um desespero muito grande — desabafa.

Há exatamente 17 anos, um grupo de policiais descontentes com o novo comandante do batalhão, coronel Paulo César Lopes, do 15ºBPM (Caxias), que havia prendido mais de 60 policiais por desvio de conduta, abriram fogo à esmo por diversas ruas de Nova Iguaçu e Queimados matando 29 pessoas. A “Chacina da Baixada”, como ficou conhecida, é até hoje a maior chacina do Estado do Rio de Janeiro. Cinco ex-policiais militares foram condenados, e quatro deles cumprem pena em regime fechado na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, sendo eles José Augusto Moreira Felipe, Julio Cesar Amaral de Paula, Carlos Jorge Carvalho e Marcos Siqueira Costa. Fabiano Gonçalves Lopes não foi condenado pelos homicídios, mas por formação de quadrilha.

Para o coordenador executivo do Fórum Grita Baixada, Adriano de Araujo, o aumento das mortes por agentes do Estado na Baixada durante pandemia revela o quanto a política de segurança no estado tem sido “mais do mesmo”. Por determinação do STF, o Governo teve que apresentar um plano de redução da letalidade policial, que é avaliado negativamente por especialistas por não apresentar metas.

— O que aconteceu no Rio de Janeiro durante a ADPF das Favelas praticamente em nada difere de uma política histórica de violência policial no estado. A violência policial é a grande política de segurança pública do Rio de Janeiro. A lógica de funcionamento, a metodologia de trabalho, o modus operandi da polícia em relação às comunidades pobres em nada vem sendo alterado ao longo do tempo — avalia.

Procurada, a Polícia Militar disse que as ações da corporação são pautadas em informações de inteligência e seguem protocolos técnicos e determinações judiciais. A PM disse ainda que vai passar a cumprir o “Plano Estadual de Redução da Letalidade Decorrente de Intervenção Policial” lançado pelo governo. A corporação não esclareceu, contudo, se tem algum planejamento específico para as cidades da Baixada Fluminense apontadas no levantamento, nem qual a justificativa para o aumento de mortes por agentes do Estado na região.

A Polícia Civil disse que a investigação sobre as mortes de Victor Hugo e Vitor Oliveira está em andamento na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Via: Jornal Extra

COMENTÁRIOS

Nome

24º BPM,13,63ª DP,1,Abastecimento de Água,8,Ação Social,13,Acidente,7,acontecimento,11,Adultos,1,AgeRio,1,Agetransp,2,Agressão,1,agropecuária,2,água,36,Alerj,4,Alimentação,13,Alunos,17,aniversário,2,Anvisa,1,APAE,3,Arco Metropolitano,6,Arma,31,arte,6,Artista,2,Assalto,3,assassinato,4,assistência social,8,Aterro de Nova Belém,1,Aula,1,Auxilio Emergencial,6,Auxílio Emergencial,9,Baixada Fluminense,598,Baixada Fluminense,296,Baixada Fluminense,343,Baleado,1,Banco Central,2,Banco do Brasil,1,Bancos,3,Belford Roxo,1,Bolsa Família,7,Bolsonaro,1,Brasil,23,Cadae,1,Caixa,8,Caixa Econômica,7,Câmera de Vereadores,6,Campanha,4,Carga Roubada,1,Carnaval,3,Carro Roubado,4,CEAM,5,cedae,26,Centro,4,Chuva,4,Ciclovia,1,Cidadania,8,Cigarro,1,Coleta de Lixo,7,Combustível,4,Compra,4,Conselho Tutelar,4,Conta de Luz,3,CoronaVac,2,CoronaVirus,6,Coronavírus,71,Corpo de Bombeiro,1,Corpo de Bombeiros,2,Correios,2,Corrupção,1,covid-19,15,Covid19,2,Cras,3,CREAS,1,Creche,1,Criança,19,Crime,2,Crime Ambiental,1,cultura,42,Curso,17,Dança,10,Defesa Civil,5,Dengue,4,Denúncia,3,Desabamento,1,Desaparecido,3,Detran,7,Detran-RJ,22,Detro,1,Detro-RJ,1,DHBF,4,Dica,1,Dpvat,1,Drogas,40,Duque de Caxias,3,Economia,21,Educação,161,Eleição,6,Eleições,3,Eleições 2020,3,Emprego,14,Encceja,1,Enchentes,1,Enem,3,Engenheiro Pedreira,14,Escola,7,esporte,35,Esportes,1,Estudante,3,Estupro,3,Evento,6,facebook,1,Faetec,6,falta d’água,4,Falta de água,1,Família,2,Feriado,3,Festa,4,Firjan,1,Fiscalização,1,Governador,1,Governo do Estado,16,Governo Federal,7,Greve,2,Guarda Civil,1,guarda municipal,1,Homem,61,Homicídio,9,hospiral,1,Hospital,5,Idoso,14,IFRJ,1,Iluminação Pública,6,Incêndio,7,Inea,2,Inscrições,9,investimento,1,IPTU,8,IPVA,1,Itaguaí,3,Japeri,1386,Jogo,2,Jovem,6,Jovens,1,Jpaeri,1,justiça,1,Lanche,1,Lazer,11,LGBT,1,Light,27,Limpa-Rio,3,Limpeza,13,Luz,4,Magé,1,Manutenção da Light,8,Meio Ambiente,24,Merenda,2,Mesquita,1,Ministério Público,2,Moradores,9,Morre,6,Morta,6,Morte,15,Morto,7,MotoTaxi,1,Mulher,24,Multa,2,Nilópolis,5,Nova Iguaçu,12,Obra,17,Obras,41,Oportunidades,3,Pagamento,12,Paracambi,7,Páscoa,1,Perseguição,1,Petrobras,4,PIS/PASEP,2,Policia,9,Polícia,253,Policia Civil,3,Polícia Civil,4,Polícia Federal,1,Polícia Militar,2,Politíca,5,política,19,Politíica,1,Ponto Facultativo,2,Prefeito,2,Prefeitura,121,Presa,4,presídio,2,Preso,65,Primavera,1,Prisão,23,Proeis,2,Projeto de Leis,1,Prouni,3,Queimados,6,Ramal Japeri,39,rede social,3,Reforma,1,Rio de Janeiro,58,Roubo,13,Salário,2,Saneamento,4,São João de Meriti,1,saúde,181,Segurança,12,Segurança Presente,7,Sequestro,1,Sérgio Moro,1,Seropédica,6,Servidores,11,Supermercado,4,SuperVia,85,Taxa de Incêndio,1,Teatro,4,Tentativa de Assalto,1,trabalho,2,Tráfico de Drogas,34,Trânsito,3,Transporte,15,Trem,55,Trens,1,Troca de Tiros,11,Turismo,7,UPA,1,Vacina,15,Vacinação,85,vaga,1,Via Dutra,2,Whatsapp,6,Wilson Witzel,2,Zika,1,
ltr
item
Notícias de Japeri: Japeri teve aumento no número de morte de policiais de um ano para outro na cidade, segundo o Fórum
Japeri teve aumento no número de morte de policiais de um ano para outro na cidade, segundo o Fórum
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi1o_yDJt0xTZuPhDcHuJGubYf5cSEP2y7OOJKNehWYS3pazpbXcVe00w0VQwmSJ_c4hMt0mAWqJAA_3ovdBAtHZLMUTYNZilKdBL-EzU8xBIKq67hWDhKS6yhAMXounnD4r83t6i8SLS4Ot-EI7BDc7Scp05xGow1GBKIn02k-7nrgV9-GHhXAij9phg/w640-h334/06.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi1o_yDJt0xTZuPhDcHuJGubYf5cSEP2y7OOJKNehWYS3pazpbXcVe00w0VQwmSJ_c4hMt0mAWqJAA_3ovdBAtHZLMUTYNZilKdBL-EzU8xBIKq67hWDhKS6yhAMXounnD4r83t6i8SLS4Ot-EI7BDc7Scp05xGow1GBKIn02k-7nrgV9-GHhXAij9phg/s72-w640-c-h334/06.jpg
Notícias de Japeri
https://www.noticiasdejaperi.com/2022/03/japeri-teve-aumento-no-numero-de-morte.html
https://www.noticiasdejaperi.com/
https://www.noticiasdejaperi.com/
https://www.noticiasdejaperi.com/2022/03/japeri-teve-aumento-no-numero-de-morte.html
true
6104975093051984055
UTF-8
Carregando Postagens Não foi encontrado nenhum postagem VER MAIS Leia Mais Resposta Cancelar Resposta Excluir Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Mais RECOMENDADO PARA VOCÊ ETIQUETA ARQUIVO PESQUISAR MAIS POSTAGENS Não foi encontrada nenhuma correspondência de postagem com sua solicitação Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não consegue copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C em Mac) para copiar Índice