Cuidado: Nova onda de contaminação pela Covid-19 está voltar preocupar alguns estados brasileiro

Casos da doença já foram reportados em alguns estados do Brasil e pode trazer mais riscos do que as outras. O  que se sabe sobre a BQ.1 e XB...


Casos da doença já foram reportados em alguns estados do Brasil e pode trazer mais riscos do que as outras. O que se sabe sobre a BQ.1 e XBB, subvariantes da ômicrom 

SAÚDE - A nova onda de contaminação por covid-19 voltou a preocupar alguns estados brasileiro. As duas novas subvariantes da ômicron, a BQ.1 e a XBB, já tem causado impacto na Europa, na China, nos Estados Unidos. Na última terça-feira (08 de novembro), a BQ.1 fez a primeira vítima fatal no Brasil, em São Paulo. 

A preocupação dos especialistas é que novos casos possam surgir nos próximos dias. Uma equipe do site correio braziliense conversou com dois especialistas para entender os riscos das novas subvariantes e tirar as principais dúvidas que podem surgir sobre a proteção da vacina e uso de máscara.

O analista de saúde do Programa Municipal de Imunizações da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, João Gregório Neto, explica que o vírus Sars-CoV-2, da covid-19, não parou de circular e evoluir desde o início da pandemia, dando origem a novas variantes.

"O que podemos observar é que com a vacinação as pessoas vão se tornando resistentes a variantes iniciais e anteriores. A nova subvariante BQ.1 é uma alteração da variante da ômicron, apresentando mutações na proteína spike, uma proteína na superfície do Sars-CoV-2, portanto é possível que ele se ligue e infecte novamente as nossas células”, explica Gregório, que também é enfermeiro e docente do curso de Enfermagem da Faculdade Santa Marcelina.

Segundo o professor Bergmann Morais Ribeiro, do Departamento de Biologia Celular da Universidade de Brasília (UnB), esse é um processo evolutivo do vírus de modificação e adaptação ao hospedeiro, que é o ser humano. No entanto, para ele, as novas variantes não são consideradas mais graves que as anteriores.

“Você tem uma defesa contra a infecção de novas variantes do coronavírus. Entretanto o vírus vai se modificando e essas modificações, que ocorrem principalmente lá na proteína do vírus, fazem com que ele não seja reconhecido por nenhuma parte das nossas defesas. Mas ela não se agrava porque nós temos outros tipos de defesa que evitam doenças graves”, explica Ribeiro.

De acordo com os dois especialistas, a vacinação continua sendo o meio mais eficaz de prevenção. Para isto, dois fatores são importantes:
  • As vacinas são criadas a partir do vírus, mesmo havendo variações futuras, o sistema imunológico produz anticorpos ao contato com o vírus.
  • Segundo, os laboratórios produtores estão atentos às novas variantes, sendo possível uma atualização das vacinas. Por isso, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais para estar atento às doses de reforços e completar o esquema vacinal.
Prevenção

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta para a presença da variante BQ.1 em cinco estados do Brasil: São Paulo, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Amazonas. A XBB ainda não teve casos registrados no país. Sendo assim, para evitar uma nova onda, a prevenção continua sendo a melhor ferramenta. Os especialistas reafirmam a importância da vacinação para o combate da covid-19 e suas variantes. Mas outros cuidados também são necessários:
  • evitar aglomerações com a aproximação da Copa do Mundo e as confraternizações de fim de ano;
  • avaliar individualmente o uso de máscaras, principalmente em locais fechados e aglomerados;
  • Lavar corretamente as mães sempre que voltar da rua, coçar o nariz e olhos;
  • Utilizar alcoolemia gel;
  • Isolar-se se houver qualquer sintoma suspeito;
  • Esquema de vacinação completo.
Para o professor Bergmann, apesar do uso de máscaras não ser mais obrigatório, ele recomenda que pessoas vulneráveis, como as que têm o sistema imunológico fraco, os idosos e as mulheres grávidas, continuem utilizando o equipamento de prevenção.
“E as pessoas de maneira geral, se forem em um lugar que tenha muita gente aglomerada, como dentro de um o transporte coletivo, é recomendado que se use máscara. Nós estamos protegidos com a vacinação em dia, mas podemos ser infectados e não nos acontecer nada. A pessoa saudável provavelmente não vai ter uma doença grave. Mas nós podemos passar o vírus para uma pessoa que é suscetível, uma pessoa mais vulnerável e essa pessoa sim pode ter uma doença grave ou até vir a óbito”, destaca Bergmann.

João Gregório Neto insiste que as doses de reforço sejam a medida mais eficaz de prevenção individual e coletiva. “Com a vacinação foi possível o retorno das atividades coletivas. Em relação ao número de doses, as pessoas devem seguir as orientações do SUS e sabemos que a dose de reforço é a garantia da redução da incidência e da gravidade da doença”, aponta.

Bergmann defende ainda que o vírus não vai sair mais da população humana, uma vez que não é possível erradicá-lo, assim como o vírus da gripe. Para ele, o vírus vai se tornar comum como o de resfriado. ”Esse vírus vai se modificando, novas variantes vão surgir e como nós estamos tomando vacina a maioria das pessoas vão ficar resistente a infecção e não vai a não vai evoluir para doenças mais graves, exceto no caso das pessoas mais sensíveis”, conclui o especialista.

Via: Correio Braziliense

COMENTÁRIOS

Nome

24º BPM,13,63ª DP,1,Abastecimento de Água,12,Ação Social,13,Acidente,7,acontecimento,12,Adultos,1,AgeRio,1,Agetransp,2,Agressão,1,agropecuária,2,água,45,Alerj,4,Alimentação,13,Alunos,20,aniversário,2,Anvisa,1,APAE,3,Arco Metropolitano,6,Arma,36,arte,8,Artista,2,Assalto,3,assassinato,4,assistência social,9,Aterro de Nova Belém,1,Aula,2,Auxilio Emergencial,6,Auxílio Emergencial,9,Baixada Fluminense,725,Baixada Fluminense,297,Baixada Fluminense,347,Baleado,1,Banco Central,2,Banco do Brasil,1,Bancos,3,Belford Roxo,2,Bolsa Família,7,Bolsonaro,1,Brasil,27,Cadae,1,Caixa,8,Caixa Econômica,8,Câmera de Vereadores,7,Campanha,4,Carga Roubada,1,Carnaval,3,Carro Roubado,4,CEAM,5,cedae,28,Centro,4,Chuva,4,Ciclovia,1,Cidadania,8,Cigarro,1,Coleta de Lixo,7,Combustível,4,Compra,4,Conselho Tutelar,4,Conta de Luz,3,CoronaVac,2,CoronaVirus,6,Coronavírus,71,Corpo de Bombeiro,1,Corpo de Bombeiros,2,Correios,2,Corrupção,1,covid-19,15,Covid19,2,Cras,3,CREAS,1,Creche,1,Criança,23,Crime,2,Crime Ambiental,1,cultura,49,Curso,17,Dança,12,Defesa Civil,5,Dengue,5,Denúncia,3,Desabamento,1,Desaparecido,3,Detran,8,Detran-RJ,23,Detro,1,Detro-RJ,1,DHBF,5,Dica,1,Dpvat,1,Drogas,45,Duque de Caxias,3,Economia,21,Educação,183,Eleição,6,Eleições,3,Eleições 2020,3,Emprego,16,Encceja,1,Enchentes,1,Enem,5,Engenheiro Pedreira,14,Escola,7,esporte,44,Esportes,1,Estudante,3,Estupro,3,Evento,6,facebook,1,Faetec,6,falta d’água,4,Falta de água,1,Família,2,Feriado,3,Festa,5,Firjan,1,Fiscalização,1,Governador,1,Governo do Estado,22,Governo Federal,7,Greve,2,Guarda Civil,1,guarda municipal,1,Homem,65,Homicídio,9,hospiral,1,Hospital,6,Idoso,15,IFRJ,1,Iluminação Pública,6,Incêndio,7,Inea,3,Inscrições,9,investimento,1,IPTU,8,IPVA,1,Itaguaí,3,Japeri,1505,Jogo,2,Jovem,9,Jovens,1,Jpaeri,1,justiça,1,Lanche,1,Lazer,12,LGBT,1,Light,27,Limpa-Rio,4,Limpeza,15,Luz,4,Magé,1,Manutenção da Light,8,Meio Ambiente,27,Merenda,2,Mesquita,1,Ministério Público,2,Moradores,9,Morre,6,Morta,6,Morte,17,Morto,8,MotoTaxi,1,Mulher,25,Multa,2,Nilópolis,8,Nova Iguaçu,12,Obra,23,Obras,48,Oportunidades,3,Pagamento,12,Paracambi,7,Páscoa,1,Perseguição,1,Petrobras,4,PIS/PASEP,2,Policia,9,Polícia,269,Policia Civil,3,Polícia Civil,4,Polícia Federal,1,Polícia Militar,2,Politíca,5,política,19,Politíica,1,Ponto Facultativo,2,Prefeito,2,Prefeitura,141,Presa,4,presídio,2,Preso,69,Primavera,1,Prisão,23,Proeis,2,Projeto de Leis,1,Prouni,3,Queimados,6,Ramal Japeri,41,rede social,5,Reforma,1,Rio de Janeiro,71,Roubo,13,Salário,2,Saneamento,5,São João de Meriti,1,saúde,200,Segurança,12,Segurança Presente,7,Sequestro,1,Sérgio Moro,1,Seropédica,7,Servidores,11,Supermercado,5,SuperVia,91,Suspeito,2,Taxa de Incêndio,1,Teatro,4,Tentativa de Assalto,1,trabalho,2,Tráfico de Drogas,35,Trânsito,4,Transporte,16,Trem,59,Trens,1,Troca de Tiros,13,Turismo,9,UPA,1,Vacina,15,Vacinação,86,vaga,3,Via Dutra,2,Whatsapp,8,Wilson Witzel,2,Zika,1,
ltr
item
Notícias de Japeri: Cuidado: Nova onda de contaminação pela Covid-19 está voltar preocupar alguns estados brasileiro
Cuidado: Nova onda de contaminação pela Covid-19 está voltar preocupar alguns estados brasileiro
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhfIezEmpkNXS93NWfdlJRYgW9o5a_As2HTj638URaokWKU1PFI-pbJHMMcJd_w4f4H5LmXUL7HIs-rd-fT4Xa9aQL5_9yRoho7pTT4XXvxcJ0lUL-tj67cbS2Uky0xeNfjsF9I3J0-RxLP-ZsODq521WJGfxnHdCm8KZrhOukBAjJLF40IE9RxI-KfjA/w640-h334/29.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhfIezEmpkNXS93NWfdlJRYgW9o5a_As2HTj638URaokWKU1PFI-pbJHMMcJd_w4f4H5LmXUL7HIs-rd-fT4Xa9aQL5_9yRoho7pTT4XXvxcJ0lUL-tj67cbS2Uky0xeNfjsF9I3J0-RxLP-ZsODq521WJGfxnHdCm8KZrhOukBAjJLF40IE9RxI-KfjA/s72-w640-c-h334/29.jpg
Notícias de Japeri
https://www.noticiasdejaperi.com/2022/11/cuidado-nova-onda-de-contaminacao-pela.html
https://www.noticiasdejaperi.com/
https://www.noticiasdejaperi.com/
https://www.noticiasdejaperi.com/2022/11/cuidado-nova-onda-de-contaminacao-pela.html
true
6104975093051984055
UTF-8
Carregando Postagens Não foi encontrado nenhum postagem VER MAIS Leia Mais Resposta Cancelar Resposta Excluir Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Mais RECOMENDADO PARA VOCÊ ETIQUETA ARQUIVO PESQUISAR MAIS POSTAGENS Não foi encontrada nenhuma correspondência de postagem com sua solicitação Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não consegue copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C em Mac) para copiar Índice